Tag Archives: pulverização aérea

25 mar 2019

#PerfectNaMídia Sustentabilidade garante rentabilidade ao agronegócio

O agronegócio tem a necessidade de, cada vez mais, ser sustentável, seja por conta da exigência para a exportação e dos anseios do consumidor final, seja pela percepção do próprio produtor. A agricultura sustentável é aquela que respeita o meio ambiente, é justa do ponto de vista social, é rentável e garante às gerações futuras a continuidade do cultivo.

Ulisses Rocha Antuniassi, professor da Unesp Botucatu e doutor em agronomia, pontua que o momento atual da agricultura valoriza a consciência e o uso correto e seguro dos insumos. Tanto que vários projetos desenvolvidos por ele abrangem as Boas Práticas Agrícolas (BPA), que são princípios de recomendação técnica que devem ser adotados pelos produtores rurais a fim de obter produtos finais com mais qualidade, assegurando a saúde dos trabalhadores e consumidores e preservando o meio ambiente.

“Manejo e uso controlado de defensivos agrícolas são questões que os produtores devem estar atentos. É cada vez mais importante que eles tenham ferramentas de gestão e monitoramento de tudo o que acontece no campo”, ressalta Ulisses. Ainda segundo o professor, garantir o uso ideal dos produtos resulta em uma safra com mais qualidade, menor custo e sem contaminação do ambiente.

Diante desse cenário, crescem as startups de agronegócio no Brasil, conhecidas como agtechs, que visam trazer ferramentas tecnológicas aos empreendedores rurais. Uma delas é a Perfect Flight: “Nossa solução para a gestão da aplicação aérea de defensivos agrícolas partiu da percepção da falta de controle sobre a qualidade e assertividade da aplicação, além, é claro, da ausência de mapas exatos para preservar o entorno”, explica Leonardo Luvezutti, gestor de operações.

Há quatro anos no mercado, a ferramenta oferecida pela Perfect Flight proporcionou melhores índices de assertividade na aplicação de defensivos aéreos, próximos a 90%, com a preservação de áreas ambientais. “Em alguns casos pode-se constatar que os índices de assertividade prévios ao monitoramento eram de 60%. Já monitoramos mais de dois milhões e meio de hectares e os resultados são efetivos”, diz Luvezutti.

O Pulse, hub de inovação da Raízen ao qual a Perfect Flight faz parte do portfólio, firmou-se como peça-chave no ecossistema de inovação ao também fomentar soluções voltadas à sustentabilidade. No final de fevereiro, o hub organizou, em Piracicaba, um encontro que reuniu diversos parceiros e colaboradores do ecossistema de inovação e discutiu alguns temas relacionados à preocupação da Raízen com o meio ambiente e com a produção sustentável.

“O crescimento sustentável é uma das diretrizes chaves da Raízen e ganhará uma importância ainda maior com o Pulse. Por meio das soluções socioambientais que já temos no nosso porfólio, a empresa consegue evoluir economicamente, sem deixar de atuar na preservação e na mitigação dos impactos ambientais. Além disso, também possibilita o desenvolvimento das comunidades em que suas atividades estão presentes”, afirma Fábio Mota, VP de tecnologia e head do Pulse.

A agricultura é um dos pontos em que a sustentabilidade ambiental e a econômica são determinantes para o sucesso do produtor e da sociedade, conforme pontua o professor Ulisses. “Lavouras sadias e o meio ambiente preservado levarão o agronegócio para um caminho bem-sucedido e próspero, já que dependemos desse setor, que corresponde a mais de 20% do PIB do Brasil.”

Confira na íntegra pelo site da UDOP (https://www.udop.com.br/index.php?item=noticias&cod=1176927)
22 jan 2019

Safra nacional 2018/19 de algodão pode alcançar recorde de produção

Pesquisas apontam que há expectativa de recorde da produção da safra nacional 18/19 de algodão em pluma, motivada pela elevação da área semeada.   O crescimento se dá, pois, a rentabilidade do algodão é maior em relação às outras culturas concorrentes em áreas e ao ambiente favorável a serem cumpridos nos próximos anos.   O algodão era, no período de tomada de decisão 2018/2019, uma das poucas culturas com expectativas de manutenção de preços atraentes. Por isso, grande parte dos produtores aumentaram a área ou passaram a cultivar o algodão.   De acordo com o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), O Mato Grosso deve cultivar na safra 2018/12019 uma área recorde de algodão. Para a atual safra, o Imea estimou uma lavoura de 937,8 mil hectares, 18,1% maior que a anterior.   O Brasil, pelo segundo ano consecutivo, continua como o quarto maior produtor do mundo e estima-se que ele deva se tornar o segundo principal exportador, atrás apenas dos estados Unidos.  
Fonte: CEPEA

Load More
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.